fbpx
(47) 3344 4448 / ✆ (47) 9 9659 6506 contato@viaflyviagens.com.br
Conheça Dicas Práticas para a Saúde do Viajante e Evite Problemas

Conheça Dicas Práticas para a Saúde do Viajante e Evite Problemas

Quando planeja-se uma viagem, uma das coisas que quase nunca passam pela cabeça é a saúde do viajante .

Mas para aproveitar da melhor forma suas férias fora de casa, você precisa estar atento para tornar a viagem o mais confortável possível quando o assunto é saúde.

Claro que nem sempre é possível evitar um mal-estar ou pequeno problema de saúde durante sua viagem, mas seguir algumas orientações pode evitar que você tenha problemas – ou pode ajudar a resolvê-los mais facilmente.

Se você irá realizar uma viagem internacional, precisa internacionalizar o seu cartão de vacinas e tomar as imunizações necessárias para a área que está conhecendo. O processo é simples.

 

Vacinas para garantir a saúde do viajante

É importante estar em dia com suas vacinas. Além disso, pesquise sobre a saúde do local que você irá viajar para saber se o país está com epidemias, se for o caso, é importante consultar seu médico para precaver-se, ele o ajudará a analisar:

  • Seu histórico de saúde;
  • Época do ano em que irá viajar;
  • Tipo de viagem;
  • Problemas com alergias;

 

Como internacionalizar o seu cartão de vacinas

Visite um Centro de Orientação para a Saúde do Viajante. Aqui no Portal da ANVISA você pode conferir algumas perguntas frequentes sobre o processo de emissão do seu Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia (CIVP). Fique atento, pois para locais onde a vacina de febre amarela é obrigatória, você deverá toma-la pelo menos 10 dias antes da viagem.

Mesmo que não vá viajar para o exterior, confira as vacinas necessárias para a área que for visitar dentro do Brasil. Algumas regiões brasileiras são endêmicas para algumas doenças, e para evitar problemas, é importante checar essas informações que estão disponíveis no site do Ministério da Saúde.

 

Prepare o seu organismo para a viagem

Atente-se à sua alimentação e imunidade antes de viajar. É interessante melhorar os hábitos alguns meses antes da viagem para garantir que suas defesas estejam funcionando melhor durante as férias e você não seja abatido por um simples resfriado.

Muitos produtos naturais e manipulados podem ajudar a fortalecer a imunidade e melhorar sua saúde. Chás, sucos, vitaminas… Consulte um médico para garantir que sua saúde esteja 100%.

 

Cuidado com o que come durante a viagem

Provar novos pratos, conhecer novos restaurantes. Esse é um dos principais roteiros quando se fala em viagem. Mas fique atento ao que come, pois grande parte das ocorrências relacionadas à saúde durante as viagens são causadas por intoxicações alimentares.

Evite comer em locais abertos como feiras e procure não ingerir alimentos crus durante sua viagem. As comidas de rua são uma fonte importante de contaminação.

Frequente restaurantes que possui boas referências, se possível. Se não conhecer o local, verifique as condições de higiene antes de pedir um prato e evite uma surpresa desagradável.

Mas os cuidados com a higiene não se restringem apenas aos restaurantes. Lembre-se de lavar as mãos com frequência e carregue sempre um pouco de álcool gel com você.

A água também é um potencial causador de problemas. Beba água mineral sempre que possível, e só beba água da torneira em locais confiáveis – esse é um hábito comum nos Estados Unidos e em muitos países.

 

Leve alguns remédios

Sabe a farmacinha que você mantem no banheiro de casa e te salva de muitas dores de cabeça? Leve consigo alguns desses remédios.

Analgésicos, remédios para enjoo e para dor de barriga são alguns que não podem faltar na sua mala. Pomadas para picadas e repelentes também são importantes.

Sempre leve a receita com você para evitar problemas no aeroporto. Alguns países podem solicitar a prescrição médica e é melhor prevenir.

Dependendo do seu destino, talvez uma caixa de primeiros socorros pode ser interessante. As farmácias já vendem os kits prontos, mas você pode montar o seu.

Remédios de uso contínuo devem ser os primeiros integrantes da sua bagagem, além de poderem ter seu valor encarecido durante a viagem, nem sempre é possível encontrar em qualquer lugar.

 

Seguro viagem

Mesmo que você já tenha viajado sem ter nenhum problema de saúde por diversas vezes, não se arrisque. Faça o seu seguro viagem com antecedência, pois ele pode te salvar de gastos inesperados com assistência médica. Além disso, os seguros são obrigatórios para entrar em alguns países.

Se você já possui algum problema crônico de saúde, consulte o seu médico antes de realizar qualquer viagem, pois ele é o profissional mais adequado para te dar orientações.

Caso você adoeça durante a viagem, diminua o ritmo, beba muito liquido e evite aglomerações por alguns dias até sua saúde melhorar. Assim, você melhora mais rapidamente e evita que outras pessoas adoeçam – caso você esteja resfriado, por exemplo.

Não hesite na hora de procurar a sua seguradora na hora de usar o seguro viagem. Leia todo o contrato antes de viajar e saiba como acionar a empresa caso passe algum sufoco com a sua saúde.

 

Concluindo

Quando falamos em saúde, sempre podem ocorrer imprevistos, portanto, prevenir-se é essencial. Com as dicas acima, você poderá evitar muitas dores de cabeça.

Ao chegar no destino, informe-se logo, sobre números de emergência e localização de hospitais e postos de atendimento para que saiba exatamente onde procurar em casos de emergência.

A saúde do viajante deve ser uma das prioridades na hora do planejamento de uma viagem.

Se você gostou do nosso artigo, compartilhe para que mais pessoas saibam como evitar problemas de saúde em sua viagem. Convidamos você a compartilhar conosco quais dicas mais usa antes e durante sua viagem.

Seguro Viagem, Por Que Contratar e Como Escolher a Melhor Opção?

Seguro Viagem, Por Que Contratar e Como Escolher a Melhor Opção?

Muitas dúvidas ainda cercam o tema seguro viagem. Porém, contratar um é extremamente importante para evitar inúmeras situações desagradáveis durante as suas férias e aproveitar com tranquilidade o descanso.

O seguro viagem é um serviço de assistência que ajuda o passageiro em diversas situações inesperadas durante a viagem.

Quase ninguém pensa, mas adoecer ou ter bagagens extraviadas são situações comuns, e nesses casos buscar ajuda sem um seguro pode sair muito mais caro.

A assistência médica, por exemplo, é um serviço muito caro em diversos países – e sua dívida pode chegar a milhares de dólares.

Ao falar em seguro viagem, as pessoas associam o serviço apenas a assistência médica, com o intuito de desmistificar isso e apresentá-lo as vantagens de contratar um seguro viagem, trouxemos este artigo completo, acompanhe.

 

O que o seguro viagem cobre?

Além de despesas médicas, hospitalares e odontológicas, alguns seguros garantem o deslocamento entre clinicas e hospitais – translado médico -, invalidez por acidente durante a viagem e regresso ao país por motivos de doença.

 

Por que optar por um seguro viagem?

Atendimentos médicos, serviços jurídicos e extravios de bagagens podem custar uma fortuna. Com um seguro viagem você evita muitos imprevistos desagradáveis durante a sua viagem – afinal, ninguém quer passar perrengue nas férias.

O tratamento de uma simples fratura nos Estados Unidos pode chegar a custar US$ 60 mil.

Melhor não correr o risco, não é?

Outra coisa extremamente vantajosa no seguro viagem para aqueles que não possuem tanta experiência com viagens internacionais é a assistência em seu próprio idioma, agilizando o processo de resolução do problema.

 

Países em que o seguro é obrigatório

Além disso, para entrar em alguns países é obrigatório ter um seguro viagem – 27 países europeus exigem o serviço.

Mesmo em países que o seguro viagem não é obrigatório, esse é um serviço que dá tranquilidade ao assegurado. Não pense duas vezes antes de tornar a sua viagem mais segura e tranquila.

 

Diferença entre seguro e assistência de viagem

Ao pesquisar sobre seguro viagem você se deparou com a opção ‘assistência de viagem’ mas não sabe quais são efetivamente as diferenças? De acordo com a resolução da Susep, não há efetiva diferenciação na hora de contratar um.

Ocorre é que há a diferença na prestação dos serviços, como você pode ver:

  • O seguro reembolsa os valores gastos pelo viajante, que comprova todos os valores e recebe integralmente posteriormente.
  • Já com a assistência de viagem, você contata o serviço que irá encaminhá-lo a um hospital credenciado, por exemplo, sem custos adicionais ao viajante.

Escolhendo a melhor opção

Titulares ou dependentes de alguns cartões de credito como Visa Platinum e Master Platinum, por exemplo, têm direito ao seguro viagem. Antes de qualquer coisa, leia sempre o contrato que está disponível no site da empresa que oferece o serviço.

Preste atenção nos valores cobrados para assistência medica, pois eles devem estar de acordo com a média de gastos do país em relação a esse setor.

Outra coisa a observar é que existem opções diferentes com custos variados para gestantes, idosos, praticantes de esportes radicais, além de planos individuais e familiares.

É sempre importante verificar como é feito o procedimento em caso de reembolso.

Saber o passo a passo de todo o processo agiliza e evita dores de cabeça, caso seja necessário acionar o seguro. Leia com atenção todo o contrato e tire suas dúvidas com a seguradora antes de fechar o contrato.

 

Atenção na hora de praticar esportes radicais

Uma informação que nem todos sabem é que a maioria dos seguros não cobre a prática de esportes radicais.

Caso você esteja planejando uma viagem com o intuito de se aventurar, é melhor aderir a um seguro viagem mais amplo.

Assim, caso haja algum imprevisto, você não perderá tempo e dinheiro.

 

Fique atento em casos de doenças crônicas

Pessoas com problemas de saúde que requeiram hemodiálise ou com outras doenças crônicas devem sempre pesquisar sobre a assistência médica que podem receber durante a viagem – hospitais com estrutura, por exemplo.

É importante sempre se informar com o convênio de saúde se há a opção de um upgrade para obter abrangência global.

Nesses casos, o seguro viagem se torna mais caro – e ainda mais importante.

Não vá confiante na cobertura, nestes casos, sem confirmar se há abrangência do seu seguro.

 

Como contratar o seguro viagem

Existem empresas especializadas no serviço, mas o seguro também é oferecido por bancos e companhias aéreas.

Agências de turismo e operadoras de cartão de credito também oferecem o serviço. Com tantas opções, fica mais fácil escolher o seguro mais adequado para você – e com o melhor custo-benefício.

Um dado importante é que o seguro viagem pode ser contratado também para viagens nacionais.

Importante fazer uma busca sobre todas as opções que você já tem disponível, por vezes, o seguro está incluso no eu cartão de crédito, mas não esqueça de verificar as coberturas.

 

Clique aqui e saiba mais sobre como contratar o seguro viagem. 

Clique aqui e faça já sua cotação gratuita!

Conclusão

Na hora de planejar a sua viagem – seja nacional ou internacional – coloque na sua lista um bom seguro viagem.

Ler com atenção o contrato e entrar em contato com a seguradora para esclarecer todas as dúvidas antes de viajar garantirá uma viagem mais tranquila.

Garante que sua viagem será realmente mais segura ao contratar um seguro viagem e não deixe a inobservância a pequenos detalhes estragarem sua viagem.

Se o conteúdo deste artigo sanou suas dúvidas, compartilhe-o para que mais pessoas possam ter acesso a ele. Caso tenha dúvidas sobre o seguro viagem, deixe seu comentário e iremos direcioná-lo da melhor forma.